Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Lideranças do ecossistema reúnem-se para discutir os rumos da saúde pública e privada

Lideranças do ecossistema reúnem-se para discutir os rumos da saúde pública e privada

O I Congresso Latino-americano de Ecossistema Público Privado – BCH LATAM acontece durante a Hospitalar e têm como objetivo gerar valor para toda cadeia

O setor de saúde passa por uma transformação e os profissionais estão em busca de compartilhar experiências, lições aprendidas e melhores práticas.  Totalmente alinhados a essa necessidade, a TMJOBS, o Business Club Healthcare (BCH) Latam e o Instituto Latino Americano de Gestão em Saúde (INLAGS) promovem durante a Hospitalar 2017, o I Congresso Latino-americano de Ecossistema Público Privado – BCH LATAM, que acontece em 18 de maio, no Auditório 14 – 2° Mezanino do Expo Center Norte. Entidades, instituições e profissionais de todo o ecossistema da saúde discutirão uma pauta ampla e relevante para a sustentabilidade do setor.

“Este é um momento oportuno para reunir lideranças da saúde pública, privada e filantrópica e debater temas cruciais que impactam no ecossistema da saúde em âmbito latino americano”, afirma Paulo Marcos Senra Souza, CEO do INLAGS, conselheiro do Business Club Healthcare Latam, e por 40 anos diretor executivo da Amil.

O I Congresso Latino-americano de Ecossistema Público Privado – BCH LATAM reunirá 180 representantes de Hospitais, Públicos, Privados, Filantrópicos, Segurados e Operadoras de saúde. Seu conteúdo programático é composto por quatro diferentes painéis, que serão conduzidos por expressivas lideranças do setor. Para discutir a regulação e suas consequências na área da saúde, em âmbito América Latina, foram convidados Leandro Fonseca, diretor da ANS; Gonzales Grebe, da Clínica Las Condes,  do Chile;  Nubia Viana, especialista em TI para saúde; Paulo Marcos Senra, CEO do INLAGS, e Giovanni Cerri, do HCFMUSP (Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo).

A chamada judicialização da saúde, que tem crescido em ritmo acelerado nos últimos anos e gerado debates sobre os deveres do governo x direto universal à saúde previsto pela Constituição, também será discutida no Congresso. O painel será moderado por Domenique Orkov, diretora médica e assessora jurídica para o setor da saúde, e contará com a participação de Yussif All Mere, do SINDHOSP (Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo); Katia Rocha da Federasantas (Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos); e Dr. Tiago Farina, da FEHOSP (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo). 

Outro ponto importante a ser discutido é a necessidade de mudanças no modelo de pagamentos dos serviços de saúde. Estudos comprovam que a atual estrutura pode ser mais negativa do que positiva no que diz respeito à busca de melhorias na qualidade da atenção à saúde, exigindo reflexões e mudanças imediatas. Dentro deste contexto, os especialistas Cesar Abicalafe, da 2IM - empresa de inteligência médica e soluções para gestão de performance; Santiago Venegas, da LAT SALUD, instituição do Chile que desenvolve projetos na área da saúde na América Latina; Ana Regina Vlainich, da Unimed; e Bruno Haddad, da consultoria KPMG; discutirão esse tema em âmbito latino americano.

E, por fim, Gisele Couto, do Hospital Albert Einstein; Dr. Alexandre Bomfim; Carlos Eduardo Ladovi Tavolari, do Hospital São Luiz; Lídia Abdalla, CEO do Laboratório Sabin de Análises Clínicas; e Hélio Catelo, do Grupo Angiocardio, debaterão os aspectos relacionados à formação de redes hospitalares e desfechos clínicos.

 “A ideia é promover uma discussão que contribua para aprofundar os aspectos mais relevantes na definição dos rumos da saúde pública e privada na América Latina, além de contribuir para a geração de valor para todas as esferas, envolvendo os agentes e protagonistas da cadeia e com isso promover o desenvolvimento e crescimento de todo ecossistema”, explica Tania Machado, CEO da TM Jobs e fundadora dessa iniciativa.

Iniciativa paralela

Concomitante ao Congresso acontecem, nos quatro dias da Hospitalar, no estande da TM Jobs (Rua 17, estande 120), no Pavilhão Vermelho, os debates Colóquios da Saúde 2017. Estes encontros reunirão 36 painelistas e 480 profissionais entre CMOs, CEOs, CFOs, da área de farmácia, engenharia clínica, hotelaria, RH e suprimentos, para debater assuntos como inteligência analítica; educação corporativa; novas relações de serviços com médicos, gestão privada em hospitais públicos e outros temas que envolvem a atuação do universo de profissionais que compõem o setor de saúde no país.

“A TM JOBS está celebrando cinco anos de atuação e ao longo desse período, construímos e estabelecemos relações importantes; passamos a contar com o suporte de profissionais que já tiveram atuação em importantes instituições; ampliamos nossa rede de relacionamento e conhecimento unindo esforços com professores, consultores e especialistas do setor de saúde. Além disso, a parceria com a INLAGS para essa iniciativa fortalece ainda mais a qualidade dessas 16 horas de conteúdo que iremos compartilhar na Hospitalar 2017”, finaliza a executiva.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar