Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Moinhos de Vento estende serviço de telemedicina para hospital de Três Passos

Tecnologia possibilita atendimento rápido à pacientes com diagnóstico de AVC

1.MoinhosEm continuidade a implantação do Programa de Telemedicina para pacientes com AVC (Acidente Vascular Cerebral), o Hospital Moinhos de Vento anuncia uma novidade. Na última semana, mais uma instituição passou a contar com o serviço de atendimento a pacientes com diagnóstico da doença através de telemedicina. O Hospital de Caridade de Três Passos passa a ser um dos quatro hospitais do Rio Grande do Sul a utilizar a tecnologia.

A Central de Teleneurologia de Porto Alegre funciona no Serviço de Emergência do Hospital Moinhos de Vento. Através de monitores e câmeras conectadas entre o Moinhos de Vento e as instituições credenciadas, médicos neurologistas realizam atendimentos via telemedicina 24 horas por dia, sete dias por semana. Desta forma, neurologistas tem acesso a exames e contato direto com a equipe e paciente no local, via videoconferência.

O serviço pioneiro na região Sul do Brasil foi viabilizado em 2014 através de uma parceria com o CEANNE (Centro Avançado de Neurologia e Neurocirurgia). Para Fernando Pisa, gestor de telemedicina do CEANNE, a tecnologia já trouxe grandes resultados. “Em todas as unidades em que hoje existe a Telemedicina percebemos os resultados na redução de sequela e mortalidade de pacientes com AVC”, diz.

No Hospital de Caridade, o sistema será operacionalizado pela equipe de emergência. A partir de agora, a comunidade de Três Passos e da região já estará recebendo o atendimento via telemedicina. “Se um paciente chegar com suspeita de AVC já estará sendo atendido com o que há de melhor nesse tipo de serviço no mundo”, diz Fernando.

A chefe do Serviço Médico de Neurologia e Neurocirurgia do Hospital Moinhos de Vento e representante da Organização Mundial de AVC no Brasil, Sheila Martins, ressalta que no caso de um AVC isquêmico (quando há o bloqueio de uma artéria no cérebro) cada segundo é valioso. "Sem o atendimento adequado, uma região maior do cérebro vai sofrendo com a falta da circulação de sangue, provocando sequelas que poderão ser permanentes e até levar à morte", alerta, lembrando que o principal caminho para amenizar ou até evitar as sequelas é garantir o atendimento preciso e rápido.

Apesar deste tipo de atendimento estar avançando, é fundamental prevenir o derrame. As principais causas do AVC são pressão alta, fumo, diabete, colesterol elevado e arritmia cardíaca, além do sedentarismo.

Principais sintomas:

- Paralisia ou dormência de um lado só do corpo;

- Dificuldades súbitas para falar, para compreender a fala ou para enxergar;

- Desequilíbrio e falta de coordenação.

Dicas para identificar o AVC:

- Peça para ela sorrir e fique atento se a pessoa fica com a boca torta;

- Peça para ela levantar os braços e veja se ele está fraco;

- Peça para ela cantar alguma música e veja se a pronúncia sai embaralhada.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar