Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

OrCam: a leitura do mundo pela visão artificial

Segundo a OMS, há 39 milhões de cegos no planeta e 246 milhões de pessoas sofrem de perda moderada ou severa da visão.

Segundo a OMS, há 39 milhões de cegos no planeta e 246 milhões de pessoas sofrem de perda moderada ou severa da visão. Embora, ao longo do tempo, tenham sido desenvolvidos recursos e ferramentas como o braile, que dão mais autonomia a quem tem essas condições, hoje novas tecnologias trazem ainda mais possibilidades para ampliar os sentidos.

Um exemplo é a tecnologia OrCam MyEye®, que será apresentada durante a Hospitalar. Trata-se de um dispositivo intuitivo que é acoplado a um par de óculos. O Orcam é capaz de ler livros, placas e qualquer material escrito, como rótulos, etiquetas de preço, códigos de barra e também identificar pessoas. O device é baseado em Optical Character Recognition (OCR), tecnologia para reconhecer caracteres a partir de um arquivo de imagem ou de mapas de bits escaneados, escritos a mão, datilografados ou impressos.

Funciona assim: automaticamente após o reconhecimento do conteúdo, seja em qual for o suporte, o equipamento traduz as informações em linguagem verbal – ele literalmente lê em voz alta para o usuário. O aparelho foi desenvolvido pelos mesmos israelenses Ziv Aviram e Amnon Shashua, criadores da startup bilionária que desenvolveu a tecnologia para carros autônomos Mobileye, comprada pela Intel pelo valor de U$15,3 bilhões.

A tecnologia será apresentada durante o HIMSS@Hospitalar, em palestra com o optmometrista Bryan M. Wolynski, especialista em pessoas com necessidades especiais. Ele falará sobre o poder da visão artificial e como ela hoje beneficia milhares de pessoas ao redor do mundo. O estande com os dispositivos OrCam MyEye poderá ser encontrado no setor de Reabilitação e Tecnologia Assistiva, na Hospitalar.

Uma visão do futuro

“O ponto de partida para desenvolver essa linha foi a constatação de que 80% das atividades que fazemos por dia está relacionada com a leitura. A gente lê placa de ônibus, placa de rua, semáforos, passa por lojas, vê instruções, se o banheiro é masculino ou feminino. Para isso tudo, atualmente, o deficiente visual precisa de um guia, ele é dependente. A ideia é empoderá-lo para que ganhe liberdade e possa saber o que está escrito nos lugares e até ler um livro completo sozinho, não apenas os títulos que estão disponíveis em braile, mas qualquer um que tiver vontade”, explica Doron Sadika, diretor da Mais Autonomia Tecnologia Assistiva, empresa responsável pela comercialização do produto no Brasil. 

O dispositivo é offline, não precisa de internet e nem rede wi-fi para funcionar. Durante a leitura é possível avançar e retroceder ao ponto final anterior ou posterior com um simples balançar de cabeça. Também se pode interromper a leitura com dois toques e pará-la sinalizando com a mão. E possível, ainda, apontar especificamente para a palavra que se quer ler, recurso útil para pessoas que têm baixa visão, por exemplo. “Ele entende gestos, é pura inteligência artificial intuitiva”, explica o diretor.

Outra forma de leitura é utilizar o recurso de apontar o dedo para o que você quer ler, como em um cardápio de restaurante ou mesmo um site da internet com diversos blocos de texto. O dispositivo identifica itens no supermercado, por meio da leitura de código de barras, e indica nome do produto e quantidade em gramas, por exemplo. Na hora de pagar, o reconhecimento de notas ajuda o usuário a saber o valor que está entregando ao atendente.

O OrCam também captura os traços básicos do rosto das pessoas e forma uma memória sobre ela, associando ao nome que se quer gravar, com a voz do próprio utilizador, tudo isso acionando um botão.

A versão é disponibilizada em inglês e português, e possui flash fotográfico, permitindo que a leitura independa de ambientes claros ou escuros.

O que vem no kit?

  • Dispositivo Orcam, que inclui unidade superior e unidade base;
  • óculos na cor preta sem grau para servir de suporte para a unidade superior do dispositivo;
  • bolsa para acessórios e córdão;
  • suporte com prendedor de cinto para unidade base;
  • carregador;
  • fone de ouvido;
  • 2 suportes para encaixar na haste do óculos com peças e mini-chave de fenda para fixar na haste.

Visão artificial intuitiva será apresentada na Hospitalar

Capaz de reconhecer pessoas e ler textos em diferentes plataformas, dispositivo israelense OrCam MyEye® será apresentado no Hospitalar Reabilitação e em palestra no HIMSS@Hospitalar.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar