Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Simpósio sobre reabilitação e tecnologia assistiva recebe palestrantes nacionais e internacionais para impulsionar o debate sobre o tema

Simpósio sobre reabilitação e tecnologia assistiva recebe palestrantes nacionais e internacionais para impulsionar o debate sobre o tema

Reabilitação em câncer, segurança no trânsito e um panorama do setor na América Latina são alguns dos assuntos do programa; evento está marcado para 18 de maio e também falará sobre a indústria de tecnologia assistiva

Gestores e profissionais da saúde envolvidos com assuntos relacionados à reabilitação se encontrarão no próximo dia 18 de maio para o Simpósio Latino-Americano de Reabilitação e Tecnologia Assistiva, evento realizado pela SEDPcD – Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo durante a 24ª edição da Hospitalar Feira + Fórum. A abertura está prevista para as 13h30 e o evento se estende por toda a tarde, sendo encerrado às 19h.

Com acesso gratuito a todos os interessados, o evento abordará temas relevantes do setor como reabilitação de pessoas em tratamento de câncer, segurança no trânsito e um panorama da área na América Latina. Além disso, por meio da apresentação da doutora Linamara Rizzo Battistella, secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo, o simpósio destacará o programa “Rehabilitation 2030: A Call for Action” que, lançado pela OMS – Organização Mundial da Saúde, trata de conceitos e estratégias para reabilitação de pacientes dentro do ambiente hospitalar e, também, nos regimes ambulatorial e domiciliar. Na sequência, Armando Vasquez Barrios, da OPAS – Organização Pan-Americana de Saúde, apresentará seu plano de ação e os indicadores de monitoramento sobre deficiência e reabilitação.

Em um país onde quase ¼ da população convive com algum tipo de deficiência, o assunto é de fundamental importância para que a cadeia da saúde esteja cada vez mais preparada para enfrentar os desafios e promover a qualidade de vida dos cidadãos. Desta forma, profissionais renomados tanto no âmbito internacional quanto no nacional foram convidados para impulsionar e agregar ainda mais valor ao debate.

Convidado para o simpósio, o doutor Michael Stubblefield, do Kessler Institute for Rehabilitation (EUA), falará sobre o atual cenário e as perspectivas futuras para pacientes em reabilitação durante tratamento de câncer. Com experiência clínica na identificação, avaliação e reabilitação de doenças neuromusculares e musculoesqueléticas resultantes de tratamentos por radiação ou quimioterapia neurotóxica, o profissional contribuirá enormemente com o tema. Apresentando o posicionamento do Brasil no que diz respeito ao assunto, o simpósio também traz a doutora Christina May Moran de Brito, do ICESP – Instituto do Câncer de São Paulo, que tem ampla expertise em oncologia, dor, lesão encefálica e medular.

Migrando de reabilitação vinculada ao tratamento do câncer para questões resultantes de doenças como Zika e Síndrome de Guillain-Barré, a palavra será da doutora Marta Imamura, da FMUSP – Faculdade de Medicina da USP. Enquanto a Zika é transmitida pela picada do Aedes aegypti e causa dores nas articulações e na musculatura, dentre outros sintomas, a Síndrome de Guillain-Barré pode surgir como uma consequência da infecção pelo Zika Vírus causando perda de reflexos em braços e pernas, além de dormência.

Segurança no trânsito – Paralelamente ao debate sobre as diversas doenças que desencadeiam a necessidade de reabilitação, o simpósio também abordará a segurança no trânsito, afinal, segundo dados da OMS – Organização Mundial da Saúde, o mundo soma mais de 50 milhões de feridos ao ano no trânsito.

Muitos pacientes sofrem com a reabilitação pós-acidente e têm suas vidas dificultadas durante o tratamento, ficando afastados das atividades remuneradas e entrando em um ciclo de prejuízos. No simpósio quem comanda o tema é Victor Pavarino, consultor em segurança viária da OPAS, que desenvolverá o debate sob o tema “Ação pela Segurança no Trânsito 2020: Deficiência e Prevenção de Acidentes Automobilísticos”.

Tecnologia assistiva – O segundo bloco do simpósio, realizado das 16h40 às 19h, será dedicado ao mercado de tecnologia assistiva. O período contará com a participação de Paulo Henrique Fraccaro, superintendente da ABIMO – Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios, traçando um amplo panorama sobre o mercado de tecnologia assistiva no Brasil.

Yolanda Torres Pérez, da Universidade Santo Tomás (Colômbia), falará sobre construção de exoesqueleto para apoiar a reabilitação física; Ximena Neculhueque, do Ministério da Saúde e Pedro Chana, do Centro de Transtornos del Movimiento, ambos do Chile, falarão respectivamente sobre prática clínica com foco em mobilidade para pessoas de 15 a 64 anos e assistência tecnológica de baixo custo para promoção da inclusão. Finalizando a sequência de apresentações, Juan José Aranda, da Universidade Nacional de San Martín, na Argentina, explanará sobre como a realidade virtual pode ser uma ótima ferramenta para a reabilitação.

O simpósio é parte da ampla agenda de conteúdo promovida pela Hospitalar, o que o torna o único evento multissetorial da saúde nas Américas. Com acesso gratuito, as inscrições estão abertas no portal do evento. Clique AQUI para fazer o credenciamento.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar