Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Tecnologia pode ajudar a diminuir número de readmissões hospitalares

O uso da tecnologia para reduzir a volta de pacientes ao hospital menos de 30 dias depois de terem tido alta foi tema de palestra no HIMSS@Hospitalar na manhã desta quinta-feira, 23, durante a Hospitalar 2019.

O uso da tecnologia para reduzir a volta de pacientes ao hospital menos de 30 dias depois de terem tido alta foi tema de palestra no HIMSS@Hospitalar na manhã desta quinta-feira, 23, durante a Hospitalar 2019. Segundo Márcio Rodrigues, CEO da Avaya Brasil, que ministrou a palestra com o tema Consultas Remotas para Reduzir a Readmissão Hospitalar, em alguns hospitais públicos do Brasil, de cada 10 pacientes que receberam alta, oito voltam em até 30 dias depois, dos quais apenas dois tinham necessidade de fazer isso de fato.

Segundo Rodrigues, há vários motivos para a readmissão. Ele deu alguns números. “Nada menos do que 66% dos casos ocorrem por ineficiência de comunicação”, contou. “Cerca de 50% de todas as internações relacionadas a medicamentos são devidas a não adesão ao tratamento; 20% a 30% das prescrições médicas não são seguidas pelos pacientes; 40% deles não seguem os procedimentos recomendados, o que aumenta as visitas ao pronto-socorro e as readmissões hospitalares; e 70% podem não aderir ao tratamento se ele for complexo ou se requer mudanças no estilo de vida e comportamento.”

De acordo com Rodrigues, a tecnologia, como as teleconsultas e telemedicina, pode ajudar a diminuir esses índices. “Alguns estudos de casos já demonstraram isso”, afirmou. “Foi constatada uma redução de 25% no número de readmissões e de casos de negligências e de 30% nas idas ao pronto-socorro. Houve ainda queda nas visitas hospitalares, quando a telessaúde foi utilizada para pacientes idosos crônicos, com videochamadas, câmeras digitais e monitores de sinais vitais, além de ter havido redução nos custos de viagem.”

O HIMSS@Hospitlar dessa quinta-feira, 23, continuou, até as 16h15, com outras10 palestras e o talk-show Digital Health: Trends, Obstacles and Opportunities. No eixo EHR, Big Data, Iomani Engelman, da Pixeon palestrou sobre o tema “HIMSS Certification: Preparing the Hospital for EMRAM”;

O HIMSS nesse terceiro dia mostrou como a inteligência artificial está entrando pelos poros da saúde e turbinando artéria, músculos e corrente sanguínea. Willian Herter, o jovem holandês diretor da Pacmed deixou claro como o aprendizado de máquina já é uma ferramenta quase comum em alguns centros de atendimento médico. Vindo da Leiden University Medical Center, e premiado na Europa em vários instancias de inovação em Saúde. 

Da Dinamarca, Thomas Ravnholt, cofundador da OpenTelehealth, mostrou por que o País se sobressai na Europa em Telehealth. Devices, aplicativos e uma robusta estrutura de interoperabilidade faz com que o País esteja na vanguarda em telemedicina aplicada. Suas soluções atendem tanto o paciente (consulta on-line), como o corpo clínico de várias unidades de atendimento. Parâmetros de inteligência artificial já estão sendo incorporados a cada um dos aplicativos gerando mapas e guides de cuidados clínicos e acompanhamento terapêutico (com aferição através de inúmeros medical devices).

Já o Lab Hermes Pardini apresentou a plataforma Enterprise, que a partir de agosto será a maior usina de produção de testes diagnósticos do mundo (superior inclusive ao gigante norte-americano Quest), atendendo a mais de 6 mil unidades espalhadas em todo o pais. João Vicente, Diretor de TI do Lab, mostrou a pujança do projeto, a fase atual da operação, os objetivos e o grande salto que o país dará nessa área.

A programação do HIMSS@Hospitalar continua nessa sexta, dia 24, com o Dr. Paulo Nakano, Neurologista, abordando o tema "Vidyo Platform Support Tele AVC", no eixo Hospital Innovation. Já no eixo Health Analytics, Guilherme Hummel, Head Mentor da EMI finaliza o dia com a palestra “Digital Sel-care: For Whom the Bell Tolls”. O encerramento do HIMSS@Hospitalar fica por conta do talk-show "Brazil Telehealth Outlook", com Dr. Vitor Asseituno, Diretor de Mercado da Informa Markets; Sr. Ailton Brandão, CIO do Hospital Sírio –Libanês; e o Prof. Dr. Chao Lung Wen, Chefe da Disciplina de Telemedicina da FMUSP.

O HIMSS@Hospitalar é realizado pela Hospitalar em parceria com HIMSS-CHIME. O congresso requer investimento e as inscrições podem ser feitas em https://www.hospitalar.com/pt/foruns/himss-hospitalar#tickets

Serviço dos Congressos e Eventos

HIMSS@Hospitalar

Data: Até 24 de maio 2019

Horário: 09h30 às 16h15

Local: Auditório: 17 - 2º Mezanino
Realização: Hospitalar em cooperação com HIMSS-CHIME International

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar