Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

ABIMED realiza eleições e renova três cargos da Comissão de Ética

A Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde (ABIMED), que reúne 230 empresas de tecnologia avançada na área de equipamentos, produtos e suprimentos médico-hospitalares, acaba de realizar novas eleições para substituir três integrantes da sua Comissão de Ética para o biênio 2018 e 2019.

A Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde (ABIMED), que reúne 230 empresas de tecnologia avançada na área de equipamentos, produtos e suprimentos médico-hospitalares, acaba de realizar novas eleições para substituir três integrantes da sua Comissão de Ética para o biênio 2018 e 2019. Para ocupar esses cargos, foram escolhidos os executivos Gabriela Ignotti Pellegrino, da Edwards Lifesciences; José Vinicius Garcia Eboli, da Roche Diagnóstica; e Thiago José Vieira Negreiros, da Galderma Brasil.

Para João Ximenez, presidente da Comissão de Ética da Associação, a eleição simboliza dois aspectos extremamente importantes para que a instituição seja efetiva na representação de seus associados. “Além de refletir o desejo dos associados de contribuir com a ABIMED e com a elevação dos parâmetros de Conformidade e Ética no mercado de produtos para saúde, também possibilita à Comissão a oportunidade de contemplar visões distintas. A renovação de três membros fortalece a pluralidade de visões, uma vez que cada um desses profissionais tem uma trajetória profissional própria e profundo entendimento do mercado no qual atua”, explica.

Gabriela Ignotti Pellegrino é advogada graduada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e pós-graduada em Contratos pela GV Law da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ingressou na Edwards Lifesciences em 2013.  Possui experiência na implementação e supervisão de programas de compliance, treinamento, análise e gestão de risco, gestão de terceiros intermediários, leis e regulamentos anticorrupção.

José Vinicius Garcia Eboli é advogado formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, possui especialização em Direito Econômico Empresarial e MBA em Gestão de Negócios pela FGV. Recebeu a certificação CCEP-I (Certified Compliance & Ethics Professional International) pela Compliance Certification Board (CCB). Possui mais de 16 anos de experiência em indústrias de produtos médicos e tecnologia.

Thiago José Vieira Negreiros é formado em Farmácia Bioquímica pela Universidade de São Paulo (USP), especialista em Medicina Farmacêutica pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e possui MBA em Gestão de Risco e Compliance pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP). Atua no segmento farmacêutico desde 2005 e em produtos para saúde desde 2009. Possui experiência na área de Assuntos Regulatórios, Pesquisa Clínica e Compliance, com atividades de treinamento, políticas e procedimentos internos, ações de monitoramento e desenvolvimento de análises de risco.

Os novos membros eleitos assumem a posição ao lado de Ximenez, da Johnson & Johnson do Brasil, e de Laura Sugano, da Boston Scientific do Brasil. “Ao integrar a Comissão de Ética, esses executivos aportam de forma significativa não somente o seu histórico acadêmico e experiência profissional, como também as especificidades do segmento de mercado no qual atuam as empresas em que trabalham. Além de enriquecer a Comissão de Ética, contribuem para refletir a diversidade e a heterogeneidade das companhias que compõem o quadro de associados da ABIMED”, analisa Ximenez.

O presidente também comenta que o próximo biênio traz grandes desafios para a Associação, com base em três pilares principais. O primeiro é contribuir para facilitar a adesão das empresas associadas ao Código de Conduta da ABIMED, com o objetivo de elevar os padrões éticos do mercado de produtos para saúde. Depois, a implementação do Canal de Denúncia Independente, por meio do qual qualquer pessoa poderá reportar anonimamente condutas inapropriadas praticadas por empresas associadas. Por fim, a revisão do Regimento Interno da Comissão de Ética para aprimorar o documento e incorporar outros aspectos relevantes que agregarão valor ao correto funcionamento do órgão.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar