Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Novo diretor da Anahp, Marco Aurélio Ferreira pretende ampliar o relacionamento institucional com o Congresso e o Governo

O diretor-executivo da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), Marco Aurélio Ferreira, acaba de ocupar o cargo e já tem grandes planos para estender o relacionamento da instituição com o governo e deixar a entidade ainda mais dinâmica.

O diretor-executivo da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), Marco Aurélio Ferreira, acaba de ocupar o cargo e já tem grandes planos para estender o relacionamento da instituição com o governo e deixar a entidade ainda mais dinâmica. Ele acredita que o diálogo é um caminho que pode trazer grandes benefícios para a associação e a sociedade como um todo.

Marco Aurélio trabalhou durante 8 anos como chefe de gabinete da senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) e também atuou na construção de projetos e leis para o setor de saúde. Foi presidente do Sindilojas Noroeste (RS), diretor da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomercio-RS), entre 2009 e 2017, assessor na Casa Civil do Governo do Estado do Rio Grande do Sul entre 2009 e 2010, e presidente do Hospital Bom Pastor, em Ijuí/RS.

O novo diretor conversou com o Blog da Hospitalar e revelou suas expectativas e desafios ao liderar a Anahp.

Confira a entrevista a seguir:

Hospitalar: Quais são as novidades que podemos esperar para a 26ª edição da Hospitalar?

Marco Aurélio: A Hospitalar é um dos principais eventos do setor, pois reúne profissionais e lideranças das instituições de saúde juntamente com as novidades de mercado. Em 2019, a Anahp levará para os seminários do Hospital Summit, nos dias 21 e 22 de maio, atividades práticas, a fim de ampliar o conhecimento dos participantes. Também teremos o lançamento da 11° edição do Observatório Anahp.

H: Qual a expectativa para o congresso Hospital Summit da Anahp, que será realizado pela segunda vez durante a Hospitalar?

MA: Todos os eventos da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) têm o objetivo de contribuir para o crescimento e atualização dos profissionais da área da saúde, além de ampliar o relacionamento entre as instituições. O Hospital Summit tem este mesmo propósito. Nossa expectativa é reunir cerca de 1,2 mil participantes interessados em buscar as novidades do setor. Nessa edição do evento, nosso enfoque será na gestão das instituições hospitalares e de saúde. Teremos seminários simultâneos, conteúdo voltado para os times operacionais e assistenciais dos hospitais e cerca de cem palestrantes. A programação completa já está disponível em http://www.hospitalsummit.com.br/.

H: Quais são as suas perspectivas para a Anahp neste ano?

MA: A Anahp ocupa uma função estratégica no cenário político e institucional. Eu assumi o cargo de diretor-executivo da Anahp com o objetivo de ampliar ainda mais o relacionamento institucional com o Congresso e o Governo. Minha grande missão é fazer com que a entidade seja ainda mais proativa. Precisamos dialogar, reagir e propor projetos para ajudar na construção de caminhos que possam ser benéficos para toda a sociedade.

H: A Associação já vê uma recuperação econômica no setor da saúde?

MA: A crise impactou o setor da saúde privada a partir do 2º semestre de 2017 até o ano de 2018.  No entanto, ainda que a demanda por bens e serviços de saúde tenha sido atingida pela queda da renda e do emprego – e, consequentemente, do número de beneficiários de planos de saúde -, por se tratarem de itens de primeira necessidade, o segmento registrou desempenho acima da média durante a crise. A economia brasileira está gradualmente saindo da recessão e espera-se um crescimento de 2,5% para 2019, segundo o Relatório de Mercado do Boletim Focus. Nesse momento, nós podemos falar em retomada do setor privado de saúde, mas com variações de mercados regionais. Brasília, por exemplo, de acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), cresceu 5,8% em número de beneficiários de planos privados de saúde, uma elevação significativa.

H: Podemos esperar alguma mudança para os hospitais privados que já pode ser anunciada com a nova gestão?

MA: Vamos fortalecer ainda mais a gestão da instituição, garantindo a continuidade dos projetos e os propósitos do Conselho. Quero atuar juntamente com os associados para ampliar o relacionamento institucional com demais segmentos para conquistarmos, cada vez mais, um cenário positivo para a saúde.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar