Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Omnia Health Live Americas: especialistas falam sobre reembolso de terapias digitais e telemedicina

reembolso de terapias digitais.jpg
Regulação, melhores práticas e quem paga a conta foram alguns dos temas abordados

Ontem (05), no Omnia Health Live Americas, quatro especialistas se uniram para discutir a questão do reembolso de terapias digitais e telemedicina no painel de mesmo nome.

Na oportunidade, estiveram presentes O mediador, Daniel Grega, líder da KPMG no Brasil; Eduardo Cordioli, gerente médico de telemedicina do Hospital Israelita Albert Einstein; Gaston Gabin, diretor de inovações do Hospital Universitário Austral da Argentina; e Thiago Liguori, diretor médico da Pipo Saúde.

Eduardo é o primeiro a falar sobre suas concepções acerca do tema: “A telemedicina é a única forma que nós temos para democratizar o acesso à saúde”, afirmou. “Ainda mais no Brasil, um país continental. Sem telemedicina, não será possível atingir toda a população.” Ele também aborda como era a telemedicina no Brasil quando a pandemia do novo coronavírus começou e conta as consequências da falta de regulamentação da prática. Para ele, se você não tem uma boa ferramenta, você pode acabar causando danos ao paciente.

Entre um palestrante e outro, o mediador comenta sobre uma recente pesquisa que viu sobre a satisfação dos pacientes com a telemedicina. Nela, grande parte deles está satisfeito com as ferramentas e a maioria acaba gostando.

Para Gaston, é possível usar as ferramentas de forma mais inteligente: “O acesso às terapias digitais não é mais uma opção, é uma realidade que precisamos viver”. Para ele, para conseguir o reembolso é preciso que exista uma plataforma concreta e regulamentada. “Temos três grandes pilares para adotar as terapias digitais: Qual valor dessas terapias e se esse valor é agregado com os serviços que são entregues; demonstrar valor e reduzir custos; os dois lados saem ganhando”, finaliza Gaston.

Em sua fala, Thiago comenta mais a questão das terapias digitais e a saúde mental. Ele diz que o problema com os reembolsos está especialmente no Brasil, porque a Anvisa não tomou as medidas necessárias para ter a aprovação dos produtos e terapias digitais. “As agências reguladoras em outros países têm outros métodos de certificação. Temos muito o que aprender com os órgãos reguladores internacionais”.

A conversa terminou com uma série de perguntas interessantes sobre o tema. Os convidados responderam com muito ânimo e determinação. Você não pode perder esse conteúdo completo na plataforma do evento.

O Omnia Health Live Americas termina hoje, mas ainda dá tempo de conferir todo conteúdo que tivemos nesses cinco dias de evento completamente online. Não fique de fora dessa!

 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar