Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

“Hospitais verdes” criam ações para diminuir impactos no meio ambiente; veja exemplos

hospitais-saudaveis.png
Conheça a campanha Health Care Climate Challenge e o impacto global da iniciativa

As mudanças climáticas já são uma realidade no mundo todo. Diversas empresas têm se movimentado para diminuir os impactos no meio ambiente, criando campanhas de conscientização ou participando de pactos globais que envolvem outras instituições.

Uma dessas iniciativas é o Health Care Climate Challenge, lançado em 2015, na Conferência do Clima de Paris. O foco do programa é mobilizar as instituições de saúde para reforçar a importância de uma liderança focada nas mudanças climáticas.

Até o momento, mais de 300 instituições que representam os mais de 22 mil hospitais e centros de saúde de 40 países aderiram ao Health Care Climate Challenge e se comprometeram a tomar medidas significativas.

O projeto faz parte da Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis, que busca sustentabilidade e saúde ambiental na área da saúde e, assim, fortalecer o sistema de uma forma global. A rede já tem mais de 1.500 membros em 75 países envolvendo mais de 43 mil hospitais e centros de saúde.

No Brasil, hospitais dão exemplos de iniciativas
O Health Care Climate Challenge possui uma premiação anual – a última foi em 2020. A ideia é reconhecer as diversas instituições do mundo todo que levaram a sério os compromissos com o meio ambiente e sustentabilidade.

Em 2020, dois hospitais brasileiros foram premiados:

  • Hospital Sírio Libanês - Ouro em “Liderança climática”
  • Rede D’Or/São Luiz - Ouro em “Energia renovável”

Em 2017, por exemplo, foram cinco instituições brasileiras reconhecidas:

  • Hospital Estadual Américo Brasiliense - Ouro em “Liderança climática”
  • Hospital Nossa Senhora da Conceição - Ouro em “Resiliência climática”
  • Hospital Santa Izabel - Ouro em “Energia renovável”
  • Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer - Ouro em “Eficiência energética”
  • Hospital Geral de Pedreira - Ouro em “Redução de emissões de gases de efeito estufa de fontes não energéticas”

O Health Care Climate Challenge é baseados em três pilares principais; veja abaixo:

  • Mitigação - Reduzir o uso próprio de carbono nos cuidados de saúde e/ou promover ações de saúde com baixo teor de carbono.
  • Resiliência - Preparar-se para os impactos de condições meteorológicas extremas e a mudança do estigma em relação às doenças.
  • Liderança - Educar funcionários e o público ao mesmo tempo em que promove políticas para preservar a saúde pública das mudanças climáticas.

Exemplos de iniciativas
Agora que você já sabe os pilares da iniciativa global, é possível ver o que os hospitais têm elaborado, de forma consistente, na prática. Um exemplo interessante é o Hospital Sírio-Libanês (SP), que possui um certificado que comprova os esforços da instituição para reduzir os impactos no meio ambiente. Confira alguns exemplos: 

  • descarte adequado de resíduos;
  • reciclagem;
  • compostagem (decomposição de materiais orgânicos);
  • consumo racional de energia elétrica;
  • promoção da conscientização ambiental.

Já o Hospital Geral de Pedreira, em São Paulo (SP), vencedor do prêmio em 2017, reduziu em 11% o consumo de energia por paciente/dia naquele ano e 44% no consumo de óxido nitroso por procedimento cirúrgico em 2018. Há ainda outras iniciativas, como:

  • Aquecimento solar: o sistema de aquecimento da água do local é composto por um conjunto de resistências elétricas agregado a um sistema de aquecimento solar.
  • Sistema de reaproveitamento de água de chuva: essa água é direcionada ao abastecimento de dois reservatórios localizados no prédio anexo, para uso nos vasos sanitários.
  • Plano de Gerenciamento de Resíduos Serviços de Saúde: é baseado nos princípios da não geração e da minimização de resíduos.

Já o Hospital Estadual Américo Brasiliense (HEAB), em São Paulo, foi premiado pela excelência de suas ações no enfrentamento das mudanças climáticas.

Uma das iniciativas da instituição foi criar ações em escolas públicas locais, avaliando os níveis de infraestrutura, uso de água e fornecendo relatórios para cada escola, além de ajudar na preparação de material educacional. O hospital também reduziu o consumo de água em 30% e a geração de esgoto em 20%.

Outro vencedor de 2017,  o Hospital Nossa Senhora da Conceição (SC) fez um projeto de modernização da estação de tratamento de esgoto. Para reduzir as emissões de poluentes, o hospital também reutiliza vapor condensado para usar na lavanderia e na cozinha, recolhe água da chuva para utilização em banheiros e faz uso da instalação de painéis solares.

Não faltam exemplos que mostram a importância das instituições – de saúde ou não – em desenvolver iniciativas que tenham como foco a redução de danos no meio ambiente, assim como medidas mais sustentáveis.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar