Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Webinars da ONA reforçam que a qualificação veio para transformar tanto instituições quanto profissionais de saúde

thumbnail- acreditação e aprendizagem -RELEASE.png
Lives realizadas durante o mês de junho fazem parte do Programa Acreditação e Aprendizados, que busca fornecer a troca de experiências entre os profissionais da área

A Organização Nacional de Acreditação (ONA) promoveu dois webinars nos dias 8 e 23 de junho para debater a importância do envolvimento de todos na Acreditação, reforçando que o processo de qualificação transforma tanto as instituições de saúde quanto os profissionais envolvidos. Os eventos foram transmitidos ao vivo no canal do YouTube da ONA e fazem parte do Programa Acreditação e Aprendizados, lançado pela instituição com o objetivo de possibilitar, até dezembro deste ano, trocas quinzenais de experiências entre quem atua no Setor Saúde, ao mesmo tempo em que traz a expertise de 23 anos da ONA neste processo.

Na live do dia 8, a responsável pela moderação foi Gilvane Lolato, gerente operacional da ONA. Como Instituição Acreditadora Credenciada (IAC), trouxemos o Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde (IBES), representado por Tatiana Lourenço, que atua como gerente de Avaliação e Certificação. E as organizações de saúde que relataram suas experiências com a Acreditação neste dia estão localizadas na região Nordeste: Hospital Arthur Ramos (Maceió-AL), representado por Claudinne Fernandes, coordenadora do Núcleo da Qualidade; e Hospital de Olhos Francisco Vilar (Teresina-PI), representado por Mirella Ribeiro, consultora em processos de implantação de CCIH e Núcleo de Segurança do Paciente.

“É perceptível o quanto o processo nas organizações convidadas aconteceu de forma verdadeira, tendo sido destacadas as transformações da Claudinne e da Mirella enquanto profissionais, com oportunidades relatadas por elas de crescerem profissionalmente, de estarem em um nível em que atualmente percebem o quanto estão agregando para a organização e conseguindo transformá-la. Além disso, a IAC tem um papel fundamental nessa jornada. Se a IAC não auxiliar e estruturar a organização de saúde, esta acaba por não dar andamento ao processo”, conta Gilvane.

Nos dois hospitais, a Acreditação foi bem-sucedida devido ao envolvimento de todos dentro de ambas as instituições. O processo estar alinhado e articulado, desde o início, entre os profissionais envolvidos, faz enorme diferença no resultado alcançado.

“Sempre é desafiador, para toda instituição de saúde, dar o start. Mas, como todo passo inicial, a instituição como um todo, incluindo gestores e todas as pessoas envolvidas, viram a importância da Acreditação para melhoria dos seus processos e decidiram fazer parte desse contexto”, relembra Claudinne. No caso do Hospital Arthur Ramos, o primeiro passo aconteceu em meados de 2015/2016. Com a estruturação do Núcleo de Qualidade, a organização sentiu a necessidade de ter os processos implementados e acreditados. “Nessa época, fui recrutada para fazer parte do Núcleo. Anteriormente, atuava como biomédica. Eu falo que foi a minha virada de chave profissional, pois já tinha uma experiência com laboratório, mas nada de tão grande porte como a Acreditação que a ONA proporciona às organizações”, destaca a coordenadora do Núcleo de Qualidade do hospital.

Claudinne também chama atenção para a importância da escolha da IAC, que será a responsável pela condução durante toda a jornada da Acreditação. “A Alta Gestão decidiu chamar o IBES para fazer parte desse processo, uma escolha fundamental, porque tudo será norteado por eles. E isso feito de uma forma educativa, que agregue valor aos processos e às pessoas, é crucial para que dê certo, para que a instituição possa crescer. Às vezes, a gente não está preparado para ouvir um diagnóstico organizacional, mas saibam que ele é de fundamental importância para esse crescimento, e, para isso, precisamos da visão do avaliador”, complementa ela.

O processo no Hospital de Olhos Francisco Vilar aconteceu de maneira bem parecida. “Quem participa desde o início da Acreditação, vê o quanto é uma jornada emocionante. De degrau em degrau, vemos que cada um importa”, relembra Mariella. Esta organização teve seu start entre 2014 e 2015, e foi um trabalho árduo, pois não havia referência na área de outro hospital acreditado. “Foi tudo do zero. Não sabíamos nem do que se tratava. Estudamos bastante e vestimos a camisa da Acreditação, mas foi preciso da consultoria do IBES para nortear o processo. Ao fim, ver tudo montado e o crescimento profissional das pessoas é extremamente gratificante”, fala a consultora do Núcleo de Segurança do Paciente.

Dando continuidade, o webinar do dia 23 teve como moderadora Natacha Pouget, da ONA. A IAC convidada para fechar as lives de junho foi o Instituto de Pesquisa para Acreditação em Serviços de Saúde (IPASS), representado pelo Adriano Antunes, presidente da instituição. Como OPSS, a ONA trouxe o Hospital Santa Catarina (Blumenau-SC), representado pela Karina Paris, supervisora de Qualidade.

“A Acreditação eleva o nível do atendimento, do serviço, e faz com que a saúde fique cada vez melhor e atenda com excelência o paciente, evitando inclusive situações de risco”, fala Natacha. O IPASS, que comemorou 25 anos de existência, foi a primeira instituição credenciada pela ONA, tendo participado ativamente do processo de formação do Sistema Brasileiro de Acreditação (SBA), e foi a IAC escolhida para acompanhar o Hospital Santa Catarina na Acreditação.

Karina faz um panorama da trajetória percorrida pelo hospital nesse processo, tendo em vista ser uma organização com experiência centenária na saúde. “O Hospital Santa Catarina foi inaugurado em 1920, e é um hospital da comunidade luterana de Blumenau. Na época, Suécia e Alemanha vieram à cidade para conduzir o hospital, e os valores de manter qualidade no atendimento, da melhoria contínua, estavam presentes desde o início. E quando se decidiu trabalhar as questões da qualidade, optou-se por focar os processos da ISO, porque se viu que organizar os processos institucionais seria uma base importante para o primeiro caminhar da instituição. Em 2012, já com essa base implementada, o hospital decidiu aplicar para uma Acreditação mais voltada à saúde, área do negócio, e deu-se início ao trabalho com a ONA. Foi um processo de quatro anos da ONA 1 para a ONA 3. Paralelamente, em comemoração ao centenário do hospital, aplicamos para uma Acreditação internacional com o objetivo de entregar excelência ao paciente.”

O presidente do IPASS, que acompanhou esse processo de Acreditação ONA junto ao Hospital Santa Catarina, destaca que todos esses anos de experiência na saúde transpareceram em tomadas de decisão pautadas no planejamento. “A organização de todo o processo que o Hospital Santa Catarina teve desde o início demonstrou ser uma instituição que preza pelo planejar, de todos os passos serem dados de forma bastante planejada, o que permitiu que o processo fosse bem sustentado, do Nível 1 ao Nível 3, sem pular etapas ou acelerar, como preconizamos dentro do Sistema Brasileiro de Acreditação. E não se chegou ao Nível 3, se está no Nível 3, ou seja, é uma consequência, um estado de espírito”, fala Adriano.

Dos webinars de junho, tiramos a lição de que o diagnóstico organizacional e a visão do avaliador da IAC são fundamentais para tirar a organização de saúde da zona de conforto e permitir um crescimento saudável, pautado em processos acreditados bem-definidos. A melhoria contínua move a instituição de saúde e transforma os profissionais envolvidos nesse processo. O desafio modifica a todos!

O ciclo de webinars quinzenais do Programa Acreditação e Aprendizados da ONA vai até dezembro. Ainda temos muitas organizações de saúde que irão relatar suas experiências com a Acreditação e enriquecer os debates sobre o tema. Siga a @acreditacao_ona no Instagram e fique por dentro dos próximos encontros!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar