Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Banca da ANAHP discute o papel decisivo das políticas públicas de saúde no enfrentamento da COVID-19

201105_politicas publicas.jpg
Tema foi abordado no segundo dia do Congresso Nacional dos Hospitais Privados

O Congresso Nacional dos Hospitais Privados (Conahp) da Associação Nacional dos Hospitais Privados (Anahp) acontece entre os dias 16 e 20 de novembro. No congresso, em ambiente 100% online, estão presentes cerca de 100 palestrantes nacionais e internacionais discutindo sobre o tema geral do congresso: “Lições da pandemia: desafios e perspectivas para o sistema de saúde brasileiro”.

Na manhã do segundo dia do evento, especialistas se reuniram para discutir o tema: Perspectiva Assistencial | O papel decisivo das políticas públicas de saúde adotadas no processo de enfrentamento da COVID- 19. O encontro contou com a presença de Lisa Hollins, diretora de Inovação do NHSX; Maria Almiron, coordenadora da unidade técnica de vigilância, preparação e resposta a emergências e desastres da OPAS e OMS; e Giovanni Cerri, presidente do conselho no Instituto de Radiologia do HCFMUSP.

Lisa Hollins, Diretora de Inovação do NHSX, unidade do governo do Reino Unido responsável pela definição de políticas nacionais e pelo desenvolvimento de melhores práticas para a tecnologia e dados do Serviço Nacional de Saúde (NHS) abriu o debate: “A única maneira de o NHS atender aos desafios da crescente demanda, custos e expectativas é usar a tecnologia digital para se transformar”. Segundo ela, existe um enorme potencial para melhorar a produtividade, segurança, experiência e resultados para pacientes, pessoas sob cuidados e profissionais da saúde. Ela ainda ressalta a importância de reduzir o tempo de burocracia e papelada e maximizar o tempo para cuidar da saúde do paciente.

Em seguida, Maria Almiron explicou que existem passos para uma resposta adequada a emergências. Os passos são: a preparação, onde acontece a coordenação e a avaliação das capacidades de preparação; a implementação das ações, onde são verificadas as estruturas, o acesso universal e a estratégia de implementação; a busca de evidências para subsidiar a tomada de decisão; o financiamento, onde é analisada a sustentabilidade da resposta proposta; e a garantia dessa sustentabilidade, atrelada ao envolvimento e a confiança da comunidade. “Esses passos são importantíssimos para se ter uma resposta à emergência eficaz”, completou.

Após a colocação das duas convidadas Giovanni Cerri trouxe perguntas feitas pelos espectadores para ministrar um debate entre as duas palestrantes.

A discussão inteira pode ser encontrada no site do Conahp, além de outros painéis de discussão relevantes para o entendimento do mundo pandêmico e os aprendizados da pandemia para lidar com o mundo pós-pandemico. O Conahp acontece entre os dias 16 e 20 de novembro e seu conteúdo pode ser acessado, remotamente, no site: https://evento.conahp2020.com.br/

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar