Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

200416_Fernando Silveira Filho.jpg

Presidente da ABIMED fala sobre eventos da saúde após a pandemia 

Em entrevista com a Hospitalar, Fernando Silveira Filho fala sobre como a organização está lidando com o cenário atual

Desde que foi decretada pandemia, a crise do novo coronavírus tem afetado a diversos setores, em especial o da saúde, que precisou rever diversas condutas e exigiu o dobro de esforços de todos os envolvidos da noite para o dia. Além da crise em si, as associações de saúde ainda precisam lidar com um futuro incerto e planejar uma maneira de se reinventar para enfrentar o momento atual. 

O presidente-executivo da ABIMED (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para a Saúde), Fernando Silveira Filho, conta, em entrevista exclusiva para o blog da Hospitalar, sobre como a organização está lidando com o cenário atual e quais são as perspectivas para o futuro da associação e do setor. Confira a entrevista na íntegra:
 

Hospitalar: Quais ações estão sendo tomadas pela ABIMED para ajudar no combate ao novo coronavírus?
Fernando Silveira Filho:
Diante da prorrogação da quarentena pelo Governo do Estado de São Paulo, a ABIMED, em apoio às autoridades na contenção da disseminação do coronavírus, também prorroga o regime de home office até 31 de maio, pois acreditamos na medida para diminuir a curva de crescimento da doença. (A medida é tratada no Decreto nº 64.881, de 22 de março de 2020.)

Além disso, temos cooperado com as autoridades nas três esferas: na formulação de normas, portarias e projetos de lei relativos à nossa área de atuação.
 

H: Há também medidas que estão sendo planejadas ainda para entrar em vigor para ajudar no enfrentamento ao vírus?
FSF:
Se antecipando às necessidades de seus associados, a ABIMED está em contato com órgãos públicos para novas medidas que facilitem a chegada de produtos, de peças de reposição e o livre trânsito dos profissionais da saúde, responsáveis pela manutenção dos equipamentos.

 

H: Como a ABIMED vê o futuro da saúde ao final da pandemia?
FSF:
A ABIMED acredita que com o fim da pandemia mais pessoas terão acesso às últimas tecnologias, como o uso da telemedicina e da inteligência artificial, amplamente usados hoje em dia e vitais para enfrentar o coronavírus, pois permitem ampliar o atendimento para mais pessoas, notadamente daquelas em regiões mais remotas. Ademais, se pensarmos em termos de atenção primária, o uso de tecnologia será um importante elemento de implantação de modelos mais perenes.

 

H: Como vocês imaginam que serão os eventos de grande repercussão, como a Hospitalar, daqui para frente?
FSF:
Haverá um grau muito maior de complexidade, começando pela preocupação com o número de participantes e aspectos de assepsia pessoal e do ambiente. Além disso, será importante repensar a forma de apresentação do conteúdo e de entretenimento ao público e intensificar a presença dos meios digitais. 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar