Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Maria-Alice-Rocha_BP_horizontal.jpg

Outubro Rosa: a importância do diagnóstico precoce e das redes de apoio

A doença é a segunda que mais atinge as brasileiras.

O câncer de mama é uma realidade vivida por muitas mulheres. A doença é a segunda que mais atinge as brasileiras. Pensando nisso, desde 2002, outubro foi selecionado para concentrar as ações voltadas à conscientização e à disseminação de informações sobre o tema.

As campanhas buscam alertar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce, o que auxilia no tratamento e pode evitar procedimentos invasivos, além de mostrar a importância das redes de apoio às mulheres com o câncer.

A diretora-executiva de Pessoas e Experiência do Cliente da BP - Beneficência Portuguesa de São Paulo, Maria Alice Rocha, afirma que as pessoas querem colaborar, participar e disseminar informação. “É por isso que acreditamos no Outubro Rosa como uma ferramenta de mudança de atitudes no sentido das pessoas se apropriarem do protagonismo da própria saúde”.

Para este ano, a instituição lançou um filme que relata histórias de mulheres que estão enfrentando a doença. De acordo com o polo de saúde, a ação mostra que o diagnóstico é um dos momentos mais delicados na vida da paciente e reforça a importância de se ter uma rede apoio, com familiares, amigos e uma equipe médica multidisciplinar.

Após o susto da notícia, algumas mulheres ainda precisam passar por outro processo doloroso: a retirada da mama. A recuperação após este tipo de cirurgia é lenta e envolve muito sofrimento. As pessoas devem se acostumar com o próprio corpo novamente. Algumas sequer conseguem se reconhecer como mulheres de novo. De forma consciente, as redes de apoio podem ajudar as pacientes a passarem por esta etapa.

Vale lembrar que a prevenção contra o câncer de mama não para em outubro. As mulheres devem realizar o autoexame com frequência e, de acordo com o Ministério da Saúde, após os 50 anos, precisam fazer o exame conhecido como mamografia a cada dois anos.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar