Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

200414_imunidade.jpg

Imunidade e o coronavírus

Veja como aumentar sua imunidade para combater o coronavírus

Vitamina C aumenta a imunidade? Ou seria vitamina D? E o extrato de própolis? Há como melhorar a imunidade com tratamento natural? Essas são algumas das principais dúvidas sobre como aumentar a imunidade para combater o novo coronavírus.

Uma pesquisa realizada na cidade chinesa de Wuhan, ponto central inicial da doença, mostrou que 55% das pessoas que morreram possuíam algum problema de saúde prévio ou eram idosas.

Com isso, concluiu-se que pessoas com doenças cardiovasculares, no sistema digestivo, respiratório ou câncer eram consideradas grupo de risco se contraíssem o vírus. O motivo é que essas doenças fazem com que o sistema imunológico fique mais fraco e não consiga combater a infeção.

Cuidados básicos, como lavar frequentemente as mãos, utilizar lenços descartáveis, cobrir a boca ao espirrar e tossir, manter ambientes bem ventilados e evitar multidões são fundamentais nesse momento.

O aumento da imunidade não evita que uma pessoa contraia coronavírus, mas a melhora do sistema de defesa do organismo ajuda a evitar os casos mais graves da doença. 

Por isso, listamos algumas atitudes fáceis de se adotar no dia a dia para aumentar sua imunidade e ajudar no combate à doença:

1 – Consuma vitaminas - As vitaminas são importantes para melhorar e fortalecer o nosso sistema de defesa e imunológico. No período de quarentena, recomenda-se, priorizar algumas vitaminas, como vitamina C e própolis, e principalmente a vitamina D. Lembrando que, mesmo em casa, é importante se expor ao sol para repor a vitamina D no corpo. 

2 – Cuide da alimentação e hidrate-se adequadamente - Prefira manter uma alimentação saudável, balanceada e equilibrada, rica em frutas e verduras, dando prioridade para carnes magras (como peixes e frangos), e evitando frituras e gorduras. Também é importante manter uma hidratação contínua ao longo da rotina, ingerindo de 2 a 3 litros de água por dia.

3 – Procure dormir bem - Estudos recentes já apontam que uma boa noite de sono diminui as chances de uma pessoa contrair um resfriado. O recomendado é dormir de 6 a 8 horas por noite, tornando o sono favorável para os hormônios e para as condições cardíacas.

4 – Pratique atividades físicas regularmente em casa – O indicado é realizar exercícios físicos de leves a moderados, no mínimo 3 vezes na semana em casa, ajudando, assim, no funcionamento da circulação sanguínea e fazendo com que as células de defesa circulem pelo organismo.

É importante ressaltar que a informação é sempre a melhor forma de prevenção. O recomendado é buscar por orientações de especialistas e sempre checar se as informações de canais informais são verdadeiras.

Além disso, o Ministério da Saúde disponibiliza um canal oficial para esclarecimento de informações sobre o coronavírus. Em caso de dúvidas, ligue 136.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar