Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Exame automatizado ajuda a detectar problemas de visão em crianças

A Hill-Rom lança um equipamento desenvolvido pela Welch Allyn que substitui a escala de Snellen – a tradicional tabela de letras e números encontradas nos consultórios oftalmológicos. 

 A Hill-Rom lança um equipamento desenvolvido pela Welch Allyn que substitui a escala de Snellen – a tradicional tabela de letras e números encontradas nos consultórios oftalmológicos. Esse exame é feito comumente para descobrir qual o grau da disfunção visual, mas apresenta falhas, que podem ser decisivas para se conseguir chegar em um diagnóstico preciso.

A novidade dessa nova tecnologia, chamada Spot™ Vision Screener, é que ela não depende de nenhuma cooperação do paciente. Por meio de um scanner automatizado, ela consegue fazer a avaliação dos olhos em 20 segundos, segundo estudo feito pela empresa, sem que o paciente precise saber ler e interpretar imagens. Isso significa um avanço para os exames em bebês a partir de 6 meses, por exemplo, pois nessa primeira infância é indispensável a detecção de doenças oculares para evitar problemas de desenvolvimento e de comportamento.

"O exame oftalmológico feito em crianças pelo método tradicional exige tempo e, muitas vezes, não gera o resultado esperado, já que crianças não alfabetizadas têm dificuldades em identificar as letras e os símbolos", explica Bernardo Medrado, country manager da Hill-Rom no Brasil.

Além dessas novidades, o Spot™ Vision Screener consegue fazer a identificação de seis fatores de risco para a visão, desde os mais corriqueiros, como estrabismo, miopia, hipermetropia e astigmatismo, até condições que exigem exames mais detalhados, como anisometropia (condição na qual o erro refrativo é diferente em cada um dos olhos), anisocoria (diâmetro desigual das pupilas) e, a mais importante delas, a ambliopia (cegueira infantil).

"Os resultados obtidos por meio do exame rápido ajudam especialistas em cuidados oculares a obter dados mais precisos. Além disso, contribuem para uma melhor avaliação da necessidade desses exames médicos mais completos", comenta Medrado ao mencionar as vantagens do método automatizado na busca pela saúde visual da população.

Os especialistas que trabalham diretamente com o produto não precisam de um treinamento intenso, pois se trata de um equipamento intuitivo, com tela sensível ao toque, portátil, leve e com tecnologia wi-fi para otimizar a transferência de dados dos pacientes consultados. "A possibilidade de importar e exportar os dados para diversos tipos de sistemas contribui para a melhor coordenação de cuidados do paciente e, também, para a melhor gestão. A possibilidade de obtenção de relatórios com os dados da triagem auxilia na melhor orientação aos pais e na tomada de decisões relativas aos pacientes", diz Medrado.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar