Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Siemens Healthineers lança teste preciso e com rápida liberação para a detecção do vírus da Zika, Dengue e Chikungunya

Brasil teve aproximadamente 2 milhões de casos destas doenças em 2016, de acordo com o Ministério da Saúde

3.SiemensEm 2016, foram registrados no Brasil aproximadamente 2 milhões de casos de Dengue, Zika e Chikungunya, as três principais doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.  O vírus da Zika continua a crescer como uma preocupação global de saúde pública, o que aumenta o foco na sua detecção na fase mais aguda, assim como a detecção da Dengue e Chikungunya. Diante deste cenário desafiador, a Siemens Healthineers acaba de disponibilizar novo teste de imunoensaio Novagnost Zika Virus IgM µ-capture. Este teste permite resultados precisos de acordo com o algoritmo de teste da OMS (Organização Mundial da Saúde).  Juntamente com os ensaios Novagnost Dengue IgM/IgG e Novagnost  Chikungunya IgM/IgG para detectar, respectivamente, Dengue e Chikungunya em fase aguda e crônica, o novo teste complementa o portfólio de ensaios da companhia.

O ensaio é capaz de detectar o vírus causador dessa doença durante a fase aguda da infecção, aproximadamente alguns dias após o início dos sintomas. De acordo com Sandra Andreo, Head da área de Laboratory Diagnostics da Siemens Healthineers no Brasil, “este é um teste cujos resultados são liberados rapidamente e de alta precisão, pois tem menos chances de gerar resultados falso-negativos, auxiliando os médicos na decisão pelo tratamento mais adequado e na redução do agravamento dos sintomas”.

“Para um tratamento mais eficaz, é muito importante o diagnóstico diferencial entre Zika, Dengue ou Chikungunya ainda na fase aguda, assim conseguimos reduzir as chances de evolução dos sintomas no paciente. Além disso, obter um diagnóstico preciso é essencial, pois nem todos os pacientes apresentam os sintomas clássicos. As soluções da Siemens Healthineers nos ajudam a obter resultados mais rápidos, precisos e confiáveis”, afirma Hérica Garcia Costa, gerente técnica do Laboratório São Marcos, de Belo Horizonte.

Transmissão de Dengue, Chikungunya e Zika no período do Carnaval

Durante o Carnaval fatores como a aglomeração de pessoas em áreas com maior incidência do mosquito transmissor, maior quantidade de lixo nas ruas e alto volume de chuvas nesta época podem contribuir para o aumento do número de criadouros do mosquito Aedes aegypt e consequentemente, aumentar a incidência e transmissão da doença.

O estudo intitulado “A ocorrência da dengue e variações meteorológicas no Brasil: revisão sistemática”, publicado na Revista Brasileira de Epidemiologia, conclui que a dengue está fortemente relacionada com variáveis meteorológicas de modo que as variações sazonais de temperatura e da chuva influenciam a dinâmica do vetor (mosquito Aedes aegypt). Estudos comprovaram também que a infecção por Zika pode causar microcefalia em fetos e desencadear a Síndrome de Guillain-Barré. Além da picada pelo mosquito, outras possíveis formas de transmissão do vírus Zika seriam a transmissão de mãe para filho, por transplante de órgãos e medula óssea, por transfusão sanguínea ou via sexual. Todos esses fatores mostram que, além do controle do mosquito, há a necessidade de conscientizar a população sobre a transmissão sexual do vírus, de maneira a reduzir o número de gestações afetadas pela infecção.

De acordo com o Ministério da Saúde, essas três doenças provocaram 846 mortes, em 2016 no Brasil. Ao todo, neste período, foram registrados 1.500.535 casos de dengue, 11,1% a menos que em 2015. A Chikungunya teve 271.824 casos contabilizados, um aumento de 606% em relação ao ano retrasado. Em relação à Zika foram registrados 215.319 casos, mas sem comparativos com 2015, período em que ainda não era contabilizado.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar