Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

FILIS: 3ª edição do fórum da ABRAMED debate novas perspectivas para a medicina diagnóstica

Promover o desenvolvimento sustentável da medicina diagnóstica por meio de ações que contribuam para todo setor, discutir melhorias, compartilhar inovações e disseminar conhecimento sobre as novas possibilidades que permeiam o futuro do setor de saúde. Foram esses os objetivos que motivaram a Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (ABRAMED) a realizar, no último dia 31 de agosto, a 3ª edição do Fórum Internacional de Lideranças da Saúde (FILIS), em São Paulo.

Promover o desenvolvimento sustentável da medicina diagnóstica por meio de ações que contribuam para todo setor, discutir melhorias, compartilhar inovações e disseminar conhecimento sobre as novas possibilidades que permeiam o futuro do setor de saúde. Foram esses os objetivos que motivaram a Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (ABRAMED) a realizar, no último dia 31 de agosto, a 3ª edição do Fórum Internacional de Lideranças da Saúde (FILIS), em São Paulo.

O evento teve como tema principal "Saúde em Pauta: perspectivas para o futuro do setor" e reuniu cerca de 30 debatedores nacionais e internacionais e mais de 500 participantes. A programação foi dividida em quatro grandes módulos sobre longevidade e normas regulatórias, visão estratégica da saúde, inovação em diagnóstico e liderança.

Thiago Julio, gerente de Inovação Aberta do Grupo DASA e curador do Cubo Health, e Gustavo Meirelles gestor médico de Radiologia com ênfase em estratégia e inovação do Grupo Fleury, palestraram sobre “Inovação em diagnósticos: benefícios para o paciente e perspectivas para o setor”. Os especialistas trouxeram reflexões sobre como tecnologias são sempre disruptivas, de que forma elas mudam o setor de saúde para melhor e como os diversos papéis que moldam a sociedade, frente aos avanços, se modificarão com o tempo. “Já ficou para trás o conceito de homem contra máquina, porque não ganha o melhor homem ou máquina, mas sim a melhor combinação. Essa é a via que temos que seguir, computador e médico trabalhando em conjunto para alcançar algo maior”, explicou Meirelles.

Michael Neill, renomado autor de best-sellers sobre liderança e transformação, foi a atração do painel “Inspiração e Liderança: pensando hoje, construindo o amanhã”. O especialista convidou a plateia a refletir sobre como encaram seus pensamentos. Com massinhas de modelar, ele propôs uma dinâmica que ensinou como não se pode pensar problemas – novos ou recorrentes – da mesma forma e que é preciso liberar espaço na mente para criar novas e inovadoras soluções. “Não importa quantas vezes pensamos sobre a mesma coisa se isso não nos leva a algum lugar”, afirmou o palestrante.

Além das palestras, o evento contou com sessões interativas, com duração de 15 minutos, em que  o público foi questionado sobre temas como overuse e underuse, previsão de investimento em 2019 e grau de confiança em laudos ou diagnósticos feitos por Inteligência Artificial. As respostas do público foram debatidas por especialistas de hospitais e laboratórios, entre eles Senne Liquor, Alliar Médicos à Frente e Hospital Israelita Albert Einstein. “Talvez não exista nenhuma área da atividade econômica com a complexidade da área da saúde e, por isso, diferentes pontos de vista são necessários para alcançar soluções muito mais inovadoras”, refletiu Eliezer Silva, diretor de Medicina Diagnóstica do Einstein.

A programação também contou com a entrega do Prêmio Dr. Luiz Gastão Rosenfeld, que tem como objetivo reconhecer um profissional que se destaca pela produção de conhecimento, implementação de políticas assistenciais inclusivas e modernização do mercado. O vencedor foi o médico sanitarista Jarbas Barbosa da Silva Júnior, atual subdiretor da OPAS. Com mais de 30 anos dedicados à saúde, o homenageado tem longo relacionamento com setores estratégicos. Foi secretário de Vigilância à Saúde e de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde e também diretor-presidente da Anvisa.

O prêmio é um tributo ao médico patologista clínico e hematologista Gastão Rosenfeld, que faleceu no início do ano. Ele coordenou a Câmara Técnica da ABRAMED. Priscilla Franklim Martins, diretora-executiva da ABRAMED, destacou o papel de dr. Rosenfeld para o mercado: “Se a Associação existe e é, hoje, uma entidade consolidada, muito se deve a ele. Essa é uma singela homenagem ao homem que investiu boa parte da sua vida trabalhando pelo diagnóstico, mas sem esquecer dos pacientes”.  

Ao final do evento, Claudia Cohn, presidente da ABRAMED, comentou ter a sensação de missão cumprida, mas que o evento trouxe mais desafios. “Demos o panorama do que vemos no sistema de saúde e do diagnóstico contribuindo com o setor. Nos sentimos desafiados para que tudo que se falou seja colocado em prática. Para o ano que vem, estamos pensando em um novo formato de evento. Vamos nos reinventar e proporcionar, provavelmente, a apresentação de resultados de parte dos modelos que já estão sendo testados”, apontou.

Segundo a presidente, o próximo FILIS já tem data: será no dia 30 de agosto de 2019. Marque na agenda!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar