Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Philips lança solução integrada para distúrbios do sono

A Royal Philips lançou uma linha de soluções integradas para o tratamento de distúrbios da apneia do sono

A Royal Philips lançou uma linha de soluções integradas para o tratamento de distúrbios da apneia do sono. A linha DreamFamily é composta pelo aplicativo DreamMapper, o CPAP DreamStation e a máscara DreamWear. O primeiro gerencia as informações enviadas pela máquina, que faz o controle do fluxo de ar correto direcionado à máscara do usuário. Para pessoas com Doença Pulmonar Crônica Obstrutiva (DPOC), pode ser adicionado ao sistema o concentrador de oxigênio portátil SimplyGo Mini.

No Brasil, um estudo realizado pela Philips em março de 2018, mostrou que 72% da população, o equivalente a 73 milhões de pessoas, possui algum distúrbio relacionado ao sono. Na América Latina, o índice gira em torno de 75%, sendo que os mexicanos são os recordistas em doenças relacionadas ao sono, com 88%. Já nossos vizinhos argentinos sofrem um pouco menos, com 64%.

“Os brasileiros têm dificuldades para dormir por variados motivos, que vão desde preocupações financeiras e relacionadas ao trabalho até mesmo o uso da equipamentos eletrônicos momentos antes de ir para a cama”, afirma Alina Asiminei, líder de mercado para Cuidados Respiratórios e Sono na Philips América Latina.

De acordo com dados da empresa, o sistema DreamFamily possibilita ao paciente uma adaptação 20% melhor e ainda melhora a qualidade de informações repassadas ao médico sobre o período de sono do usuário. Outra vantagem é que o DreamStation, aparelho responsável pelo fluxo de ar, é 67% mais silencioso do que os demais modelos CPAP disponíveis no mercado, além de ser mais leve e de mais fácil utilização.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar