Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Cicloergômetro e FES são temas da palestra na Arena de Reabilitação na Hospitalar 2022

20_REA_01_IZ.jpg

A Hospitalar chegou ao seu último dia repleta de conteúdos científicos relevantes para o mercado. Na Arena de Reabilitação, os presentes puderam discutir juntamente com Daniel Tamashiro, engenheiro eletricista especializado em engenharia biomédica pela UNICAMP, como o cicloergômetro e o FES podem ajudar tanto pacientes quanto terapeutas a otimizarem o tempo para conseguirem resultados mais satisfatórios nas práticas de exercícios.

“É muito importante praticarmos exercícios regularmente, isso ajuda na manutenção da saúde. Mas para os 4,4 milhões de pessoas com deficiência no Brasil, o exercício convencional, de caminhada/corrida, em muitos casos, não se aplica, mas essa manutenção ainda tem que ser feita”, explicou Tamashiro.

Foi pensando nisso que, há 20 anos, ele e sua equipe estão desenvolvendo o software Cicloergômetro 4.0, que se alia ao FES, functional electrical stimulation (corrente alternada de estimulação), para ampliar as opções de exercícios cotidianos de pacientes em tratamento de reabilitação. 

“O cicloergômetro com estimulação elétrica foi pensado para ser um tipo de terapia não invasiva e de baixo custo, que pode ser aplicada pelo próprio paciente em casa. Foi um aliado para esse momento de pandemia, em que muitas pessoas em tratamento, por pertencerem ao grupo de risco, não puderam sair de casa”, comentou.

Na versão 4.0 do produto há mais funcionalidades que trazem benefícios para ambas as pontas do cuidado: paciente e terapeuta. Para o paciente, é mais prático e mais efetivo, uma vez que ele pode fazer tudo sem sair de casa, além de ter funcionalidades personalizadas para acompanhar o desenvolvimento do tratamento e, se houver alguma divergência no meio do caminho, os acertos podem ser feitos em tempo mais curto.

“O equipamento é moderno, e conta com tecnologia 5G, que permite que os dados obtidos nas sessões sejam enviados diretamente. Além de conseguir entender os indicadores de grandezas físicas, como velocidade, distância, carga e esforço aplicado, ele também permite a análise de grandezas biológicas, como temperatura e pressão arterial”, exemplificou Tamashiro.

E, por fim, essas facilidades tecnológicas ainda podem ser conectadas ao prontuário eletrônico do paciente, que permite uma análise 360° dessas informações, para um cuidado mais personalizado e próximo.

Gostou deste material? A Hospitalar presencial chegou ao fim, mas você pode ficar de olho em muitos conteúdos de qualidade semelhantes a esse no Hospitalar Hub. Acesse!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar