Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Seja bem-vindo ao “novo normal”

Capa-Ecossistema.png
Saiba o que não vai mudar e como sobreviver a maior crise da nossa geração

“O mundo nunca mais será o mesmo”. Você já ouviu esta frase inúmeras vezes nas últimas semanas, não é mesmo? Afinal, ela está nas lives, nas manchetes dos jornais, nos programas de entrevistas e até no último estudo do Google sobre o Coronavírus. Mas, o que ela significa de fato? E, principalmente, qual é o seu impacto no setor de saúde? 

De acordo com o estudo em questão, o Covid-19 não ataca só a saúde individual das pessoas, mas a base da sociedade. Isso quer dizer que permeia todo o sistema de saúde, o sistema logístico, a econômica, o comércio, o emocional das pessoas, o sistema educacional e a infra-estrutura. Ufa! Eu sei, parece mesmo desesperador. Você, assim como eu, e vários outros no Brasil e no mundo também estão preocupados com este cenário e pensando: “O que vai acontecer com o meu negócio? O que será do futuro? O que será do presente?”. Talvez o que mais nos cause desespero é o fato de que não podemos controlar o que vai acontecer, pois de fato, nós não sabemos o que vai acontecer. Entretanto, eu tenho uma boa notícia para você. Gostou? BOA NOTÍCIA! Vou escrever mesmo em maiúsculo, pois não é todo dia que lemos algo assim. 

Bem, se não sabemos o que vai mudar e não podemos prever isso, temos que atacar com que temos em mãos, ou seja, com o que sabemos que não vai mudar e, em cima disso, investir. Ficou um pouco confuso? Vou explicar melhor. Um exemplo: hoje, existe uma busca incessante por EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Isso gera flutuação no preço e na qualidade. O que sabemos que não vai mudar nesta situação? Que os hospitais terão que continuar comprando tais insumos? O que eles querem? Regularidade em preço, prazo de entrega e qualidade. Não é o agora apenas, é o daqui 6 meses, 1 ano, 2 anos, 3 anos... É estabelecer uma relação, é a perenidade. 

Diante disso, é necessário, mapear quais são os serviços que continuarão sendo necessários para investir não apenas financeiramente falando (mas, também, claro), mas na construção de relações e negócios duradouros. Este também é o DNA do Ecossistema de Saúde, além, de fazer a ponte entre as partes para que criar elos fortes. 

Mas, com todo este caos, qual é o nosso papel nesta crise? Antes de contar, eu preciso confessar algo: também fomos afetados pela pandemia. O nosso negócio consistia, principalmente, em marketing de relacionamento baseado em grandes eventos do mercado da saúde. Assim que o isolamento social foi decretado, a nossa primeira reação foi a de migrar os eventos presenciais para o on line, pensando que era o melhor a fazer. Mas, não era tão simples assim. O formato estava correto, pois, de fato, nós precisávamos mesmo nos adequar a audiência que agora estava perante as telas, seja do notebook, do tablet ou do celular. O erro, entretanto, foi não ouvir o que este novo consumidor queria neste novo momento de suas vidas. Consequência disso? Cancelamentos de contratos. 

Repensar, redesenhar, replanejar foram as palavras que nos moveram. Era preciso entender o que havia acontecido. Não bastava apenas uma reversão de mídia, do off para o on, mas de mindset e, até mesmo, da famosa pirâmide de Maslow (que trata sobre as necessidades primordiais e que movem os seres humanos). Decisão? Uma pesquisa qualitativa de mercado, pois era preciso entender a fundo, não só as empresas, mas as pessoas por trás dos CNPJs. Com isso, nós descobrimos as verdadeiras dores e o que de fato precisavam para, desta forma, propor soluções completamente diferenciadas e customizadas para seus negócios e, desta forma, atuar a respeito. 

Vale uma ressalta: não basta uma só pesquisa, ela tem que ser constante, pois as mudanças no nosso cenário são constantes e, precisamos nos adequar a elas e ao que as instituições necessitam. As startups funcionam assim. Por isso, recomendo fortemente estudar o seu modelo de atuação. Estas pequenas, grandes empresas foram criadas na incerteza e, por isso mesmo, vivem se reformulado e reavaliando a bússola o tempo todo. Nós, do Ecossistema de Saúde, também estamos fazendo isso. Testar, errar, corrigir rápido. Analisar, medir e melhorar continuamente. Ouvir sempre o mercado, ouvir sempre o consumidor. Agora, mais do que nunca. Até porque vale até mencionar um outro estudo aqui, o  “Barômetro Global: reações do consumidor para Covid-19”, da ITWP Toluna, Harris Interactive e KuRunData, que abramge 19 mercados no mundo. Ele traz a importância de ideias para marcas e empresas do que é considerado o “próximo normal”. Nele, pouco mais da metade dos brasileiros já considera extremamente provável incorporar suas mudanças temporárias de comportamento em suas vidas daqui para frente. Então, prepare-se! Abra sua mente para esta mutação constante, para este “novo normal”. Ele não faz mais parte do futuro, ele faz parte do ontem, do hoje, do amanhã. 

Voltando a pergunta: qual é o nosso papel na crise? Gerar negócios, expandir negócios, ajudar empresas a encontrar respostas, soluções e ir além.

 

SOBRE O ECOSSISTEMA DE SAÚDE

O Ecossistema de Saúde é um pólo de geração de relações e conexões entre empresas do setor. Seu objetivo é promover oportunidades de negócios, tanto on como off line, para seus associados. Ao fazer parte do sistema, a organização ainda passa a receber apoio em questões estratégicas destinadas a ampliação e/ou crescimento de sua instituição, como planejamento, jurídico, comunicação, marketing, eventos (posicionamento, seja no ambiente físico como no digital), vendas, manutenção de clientes, entre outros. Com  isso, o Ecossistema também  passa a ser um hub de soluções de saúde para instituições de saúde que procuram fornecedores qualificados e, melhor, elas podem encontrar tudo que precisam no mesmo local.

 

Whatsapp: (11) 11 99996-2238/ Mídias sociais: @ecossistemadesaude

 

 

 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar