Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Diretrizes para prática clínica de cirurgia bucomaxilofacial deve nortear atendimento no país

Mais de uma dezena de especialistas chegaram ao fim de um trabalho de vários anos de discussões e pesquisas que resultaram na publicação Parâmetros e recomendações para procedimento bucomaxilofaciais, que reúne as diretrizes nacionais para a aplicação de órteses, próteses e materiais especiais no cuidado com pacientes.

Mais de uma dezena de especialistas chegaram ao fim de um trabalho de vários anos de discussões e pesquisas que resultaram na publicação Parâmetros e recomendações para procedimento bucomaxilofaciais, que reúne as diretrizes nacionais para a aplicação de órteses, próteses e materiais especiais no cuidado com pacientes. A iniciativa foi lançada em dezembro pelo Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, primeira instituição odontológica do país a estabelecer tais critérios de conduta, indicação e acompanhamento durante tratamentos.

O documento foi bem recebido por profissionais da área, a exemplo da presidente da Kulzer Brasil e diretora da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO), Regiane Marton. "Essa formalização vai ao encontro da necessidade cada vez maior de se estabelecer dados e diretrizes para que se tenha uma linha ética na odontologia do Brasil", resume, avaliando o impacto significativo que a publicação traz ao contexto profissional brasileiro. "Os parâmetros influenciam de forma positiva o mercado em geral no sentido de guiar os procedimentos realizados em pacientes – e os limites desses procedimentos – e, para o paciente, isso significa mais proteção, inclusive em caso de necessidade de questionamento legal", avalia.

Segundo o coordenador da equipe que concebeu o documento, Sérgio Antônio Schiefferdecker, com ele, é possível que decisões sejam embasadas e que materiais e insumos utilizados na área estejam alinhados com a necessidade. "Este documento tem o objetivo de evitar subindicações e superindicações. Deve servir de base para a tomada de decisão dos especialistas, convênios, operadoras e hospitais, e de referência em processos judiciais, para agências de saúde, de governo e de outras sociedades que interagem com a bucomaxilofacial. Além disso, deve servir também como assessoria tecnológica de desenvolvimento de material OPME", explica.

A publicação lista indicações para os principais procedimentos da especialidade, incluindo cirurgias Dento Alveolares, Deformidades Ortognáticas, Fratura dos Ossos da Face, Disfunções da Articulação Temporomandibular, Tumores ou Cistos e Reconstruções Ósseas, bem como sua devida citação em textos públicos e periciais ou em rodas científicas.

Na avaliação de Marton, que também é odontóloga, o trabalho está "alinhado com a missão da ABIMO de promover desenvolvimento sustentável da indústria brasileira, que depende de seriedade e trabalho ético". 

A publicação pode ser acessada na íntegra em: www.bucomaxilo.org.br/upfiles/downloads/diretrizes-e-recomendacoes-para-procedimentos-bmf.pdf.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar