Hospitalar faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Hospital Adventista Silvestre inicia obras para novo centro cirúrgico

Número de cirurgias realizadas crescerá em 32%


novocentrocirurgicoO Hospital Adventista Silvestre, no Cosme Velho, inicia esse mês uma grande reforma estrutural para modernização total de seu centro cirúrgico. A novidade faz parte da celebração dos 74 anos da instituição, completados esse mês. O investimento é justificado pelos números que apontam a alta complexidade das cirurgias realizadas no HAS. Atualmente, o Silvestre ocupa o primeiro lugar no cenário nacional na realização de transplantes entre pacientes vivos, terceiro lugar em transplantes de fígado com doador falecido e em transplantes de rins.

“O novo centro cirúrgico foi pensado para que possamos realizar cada vez mais procedimentos de alta complexidade. A inauguração acontece em junho de 2017 e a expectativa é de um crescimento de 32% no número de procedimentos cirúrgicos”, ressalta Elói Marcondes, administrador do Hospital Adventista Silvestre.

Com área total de 734 m², o novo ambiente cirúrgico vai contar com seis salas padrão e uma sala híbrida. A sala 3 terá uma das paredes em vidro e possibilitando uma vista única para o Morro do Corcovado e a Floresta da Tijuca. Com a reforma, equipamentos classificados pela biomedicina como os mais modernos passarão a fazer parte da estrutura do espaço, como portas de acionamento automático com acesso biométrico, monitores de alta definição, controle dos equipamentos via estação de trabalho, estativas (onde os aparelhos ficam suspensos, facilitando a
movimentação e limpeza), focos cirúrgicos de LED com câmara embutida, possibilidade de videoconferência, controle de temperatura e umidade através de sistema de ar condicionado com fluxo laminar e pressão positiva, além de sets de vídeolaparoscopia de alta definição.

As sete salas vão funcionar conectadas em vários níveis de integração, com estrutura capaz de sediar tanto procedimentos diagnósticos quanto terapêuticos, seja por via convencional ou a partir de técnicas minimamente
invasivas. As novas salas serão reformadas, ainda, para receber cirurgias de diferentes portes.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar